Um site multilíngue oferece conteúdo, produtos e / ou serviços para seus leitores em vários idiomas. Muitas vezes, quando você inicia um negócio online, ele é limitado a uma comunidade ou região específica, mas quando você está planejando expandir, deve considerar atender a um grupo demográfico maior.

Por exemplo, um site na região oeste ou central do Canadá é inicialmente desenvolvido apenas para falantes de inglês. Por ser uma pequena empresa, tem uma versão em inglês, mas assim que atende a comunidade francesa, torna-se obrigatória a criação de um site paralelo em francês. Da mesma forma, quando um blogueiro começa a escrever para uma comunidade ou causa em um idioma, mas deseja espalhar suas palavras para outras regiões e grupos étnicos, pode haver uma necessidade de transformação seu blog em um site multilíngue.

Se você está planejando expandir sua loja online ou site para outros territórios, certifique-se de criar uma seção de blog antes de adicionar versões traduzidas. Blog para PrestaShop é uma das ferramentas interativas para incorporar um recanto de publicação em seu site de comércio eletrônico, enquanto você também pode contar com a ajuda de um desenvolvedor para escrever código para sua loja online. Esta ferramenta destina-se especificamente a lojas online que usam PrestaShop, é verdade que você pode encontrar módulos semelhantes para Magento ou até mesmo criar uma loja online com WooCommerce.

Plataformas independentes de comércio eletrônico, como Magento e PrestaShop, possuem funcionalidade e suporte integrados para configurar um site multilíngue, enquanto que com o WordPress geralmente é melhor instalar um plug-in adicional para isso. Aqui estão algumas das práticas especializadas e alguns plug-ins úteis que você deve ter em mente ao criar versões em idiomas internacionais de seu site.

1. Mudança de idioma com uma tradução com pouco defeito (muito pouco)

Plug-in multilíngue Weglot

Um site WordPress multilíngue espera atender pessoas de várias origens linguísticas. Para tanto, a maioria dos webmasters cria várias cópias do mesmo site em diferentes idiomas e permite alternar entre eles. Uma das soluções confiáveis ​​é a mudança automática do idioma de acordo com a localização dos usuários, deixando a discrição para os usuários, também é uma opção interessante. Essa troca automática ou manual de idioma permite que os usuários naveguem em artigos ou produtos em seu idioma nativo.

Existem ferramentas e navegadores que oferecem tradução automática de uma página da web, o que não é recomendado por especialistas. Porque esses aplicativos não conseguem interpretar o artigo que um site deve transmitir. Palavra por palavra de um idioma para outro nunca consegue reproduzir a mesma mensagem, por isso a tradução por profissionais é uma prática recomendada.

No entanto, existem alguns plug-ins premium que tornam o processo de tradução muito mais fácil. Nossa escolha nº 1 é Weglot porque oferece uma API de tradução personalizada, bem como a opção de atualizar para uma tradução profissional de um fornecedor recomendado. Nós também gostamos do WPML, o que ajuda a otimizar o processo de criação e gerenciamento de várias traduções para o seu site.

2. Ao contrário das diferenças culturais

Além do idioma usado pelo seu público-alvo, é necessário entender suas diferenças culturais ao configurar um site WordPress multilíngue. Leva em consideração o uso de linguagem, tom e conceitos comumente conhecidos e não diminui nenhuma de suas tradições. Deve-se ter cuidado ao projetar logotipos, banners e símbolos que não sejam obscenos para uma comunidade, que as cores devam ser selecionadas e que não simbolizem mais nada em uma cultura específica.

3. Facilite o acesso a um idioma específico

Facilite o acesso a um idioma

Criar várias visualizações em um idioma diferente é uma das técnicas de marketing atraentes para atingir um público maior, mas só funciona perfeitamente se eles puderem acessar as páginas com facilidade. Suponha que você crie uma variante em inglês de uma página de produto, mas as pessoas na Inglaterra podem não conseguir encontrá-la se uma opção não for fornecida na página de destino principal. Uma prática recomendada é criar uma opção no canto superior esquerdo ou direito de cada página que esclareça o idioma da página atual e também permita o acesso a outros idiomas.

4. Selecione cuidadosamente uma estrutura de URL

É sempre uma boa ideia escolher um nome de domínio independente para o seu negócio para promoção em diferentes plataformas e motores de busca. Depois de selecionar o nome de domínio principal, decida como você deve representar as versões de idioma no URL. Por exemplo, para ter uma versão localizada de sua loja para a França, você pode selecionar um dos três métodos mencionados abaixo,

  • Www.vitresite.fr (domínio de nível superior do código do país)
  • www.seu site.com (com um subdomínio para idioma ou região)
  • votresite.com/fr/ (criação de um subdiretório para um idioma)

Os especialistas freqüentemente recomendam o terceiro método, que cria subdiretórios para cada idioma, pois é uma alternativa acessível e fácil de gerenciar.

5. Traduzir cada string

Feilds de tradução de Weglot

Construir um site multilíngue significa fornecer a melhor experiência de navegação e compra em um idioma familiar ou nativo. A tradução do corpo do texto, do nome do produto e da descrição não funcionará se as linhas de identificação forem escritas em um idioma padrão. Tente otimizar completamente uma página da web com um idioma e não perca nenhum ponto. Isso pode exigir que você harmonize a tradução geral, que inclui todas as linhas da página, conteúdo da página, valores e números, nome do produto no URL, mensagens de erro ou de boas-vindas, notificações por e-mail, etc.

Novamente, isso deve ser fácil de gerenciar com seu plug-in de tradução, mas é importante que seu tema seja compatível com um plug-in de tradução para que o plug-in funcione corretamente.

Isso é tudo para este tutorial, espero que permita que você traduza melhor o seu site.

7 ações
ação5
chilrear
Enregistrer2